Emerson Sheik será o vencedor do Oscar Gay de 2014

Após divulgar uma foto dando um selinho em um amigo para comemorar a vitória do Corinthians, Emerson Sheik gerou uma grande polêmica na internet. Se muitos corintianos repudiaram sua atitude, o atacante, em contrapartida, ganhou uma legião de fãs homossexuais

Segundo o ativista e fundador do Grupo Gay da Bahia, Luiz Mott, o gesto de Emerson o levará a vencedor do Oscar Gay de 2014, na categoria personalidade: ‘A atitude dele só faz bem para a tolerância e ajuda a minimizar o preconceito. É ótimo que dois heterossexuais troquem beijos na boca, ainda mais nessa onda do ‘Fora Feliciano’. E um selinho não é sinônimo de homoerotismo.’

Em entrevista ao UOL, o antropólogo ainda declarou que o esporte é um dos ambientes mais preconceituosos na sociedade: ‘O futebol é marcado pelo machismo onde jogadores que ousam ter mais jogo de cintura são hostilizados, técnicos dão declarações preconceituosas, embora a homossexualidade esteja presente em todos os lugares, inclusive no esporte e nas equipes: sejam jogadores, juízes, dirigentes… O futebol é um esporte que tem de superar esses equívocos de racismo, machismo e homofobia para contribuir para o progresso e não para a discriminação.’

Fonte: yahoo esportes

Esta entrada foi publicada em Na Mídia e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.