Em consulta não vinculante, 62% dos australianos aprovam casamento gay

Horas depois do anúncio, o primeiro-ministro Malcolm Turnbull disse que o governo defenderá a aprovação.

A liberação do casamento entre pessoas do mesmo sexo na Austrália foi aprovada por 62% dos votantes em consulta popular não vinculante, mas que deve levar o Parlamento a legalizar o matrimônio homossexual até o fim do ano.

Os resultados da votação, feita por correspondência, foram divulgados nesta quarta (15, noite de terça no Brasil) pelo Instituto de Estatísticas. Mais de 12,7 milhões de australianos, ou 80% do eleitorado, participaram do pleito.

Horas depois do anúncio, o primeiro-ministro Malcolm Turnbull disse que o governo defenderá a aprovação. “O povo australiano nos deu uma tarefa que deve ser cumprida. Este deve ser nosso principal compromisso até o Natal.”

Embora o chefe de governo defenda a medida, os membros de coalizão conservadora derrubaram, nos últimos anos, os projetos para mudar a lei. A expectativa é que, com a consulta popular, a situação no Legislativo se reverta.

Apesar de ser um dos países mais liberais do mundo e de ter uma das maiores paradas LGBT, a de Sydney, a Austrália ratificou a proibição ao casamento homossexual em 2004, em um adendo a uma lei da década de 1960.

Em alguns Estados, como Nova Gales do Sul, Queensland e Vitória, e na capital Canberra as uniões são reconhecidas, mas com direitos limitados. Desde o ano passado, o último permite a adoção e a reprodução assistida aos casais. O resultado da consulta foi comemorado pela comunidade LGBT local, que fizeram festa em Sydney.

Fonte: portalodia.com

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Daniela Mercury sobre se assumir gay: ‘O mundo é para os corajosos’

Cantora comentou homossexualidade em entrevista a Fernanda Gentil

Para a cantora Daniela Mercury, de 52 anos, pessoas conhecidas passam a ser parte da família do público, o que exige uma comunicação direta com os fãs e seguidores.

Foi por isso que ela decidiu anunciar, em 2013, o seu casamento com a jornalista Malu Verçosa da forma mais direta possível: pelas redes sociais.

“O Instagram estava começando, era uma coisa mais próxima. Eu queria falar de maneira direta, eu não queria usar nenhum outro meio de comunicação para que não houvesse ruído na comunicação, e fosse clara, direta, como eu sou em tudo”, disse a cantora em entrevista à Fernanda Gentil, apresentadora do programa “Papo de Almoço”, que tem história parecida com a sua.

Em 2016, cinco meses após se divorciar do empresário Matheus Braga, Gentil assumiu o namoro com a jornalista Priscila Montandon.

“A gente tá falando de coragem, eu acho que o mundo é para os corajosos, quem muda o mundo é quem tem coragem”, completou Mercury durante a entrevista que foi ao ar na Rádio Globo nesta terça (7). Com informações da Folhapress.

Matéria reproduzida do portal Noticias ao Minuto 
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

A visibilidade trans é tema de debate no encontro ‘Gênero e diversidade’ FAAP – EL PAÍS

Encontro de representatividade crescente dos transgêneros na sociedade brasileira. Evento é gratuito e aberto ao público

Enquanto milhões de pessoas assistiam ao primeiro beijo gay em uma novela da Globo em 2014 ou acompanhavam pela televisão neste ano a saga do transexual Ivan para ser aceito na novela A Força do Querer, alguma pessoa no Brasil morria por causa de sua orientação sexual ou identidade de gênero. Trata-se de uma contradição: o Brasil que cada vez mais aceita e respeita a população LGBTQIA+— a sigla LGBT aumentou para contemplar mais sensibilidades — convive com o Brasil onde ainda se defende abertamente um tratamento de reorientação sexual (que ganhou a alcunha de cura gay) ou que é campeão em crimes de ódio.

Assim, demandas por representatividade e direitos vêm ganhando cada vez mais espaço na sociedade. Para tentar compreender esse cenário, o ciclo FAAP – EL PAÍS sobre gênero e diversidade convidou protagonistas de um cotidiano marcado por essa contradição. Entre elas, Renata Peron, assistente social, cantora, militante, e presidente e fundadora do Centro de Apoio e Inclusão Social de Travestis e Transexuais (CAIS) e uma das precursoras na militância das causas LGBTQIA+ no país. E ainda, Maíra Reis, da Reversa Magazine, focada em cultura LGBTQIA.

Compõe a mesa, ainda, Gabriel Lodi, militante trans, e a cineasta Bárbara Cunha, que dirige o projeto “Borboletas e Sereias”, um documentário e uma série de 13 episódios a partir da experiência de crianças de 6 a 12 anos. O evento é gratuito e aberto ao público.

Segundo o Grupo Gay da Bahia (GGGB), 343 morreram só em 2016 se consideradas apenas as notícias publicadas pela imprensa. Ou seja, uma pessoa foi assassinada a cada 25 horas por causa de sua orientação sexual ou identidade de gênero. Já o “Relatório sobre Violência LGBTI fóbica no Brasil”, da Secretaria de Direitos Humanos, mostra que em 2011 foram denunciadas no Brasil 6.809 violações de direitos humanos contra esta população, envolvendo 1.713 vítimas e 2.275 suspeitos. O estudo também mostra uma média de quatro violações sofridas por cada uma das vítimas, o que evidencia uma sobreposição de violências cometidas.

Mas o preconceito não se faz evidente apenas quando ocorre um crime de ódio. Milhares de pessoas são excluídas de suas famílias e de seus grupos de amigos por serem gays, lésbicas, transexuais… Muitos deixam de ser contratados ou são demitidos de seus empregos. Comentários, piadas e insultos são recorrentes. Ser chamado e reconhecido pelo nome social ainda é um desafio. Um beijo gay ainda é tabu — mesmo já estando presente na teledramaturgia brasileira.

 

Quando: 14 de novembro às 09h30

Como participar: Para participar ao vivo, alunos da FAAP e interessados deverão inscrever-se pelo site da FAAP (clique aqui). Também será possível acompanhar ao vivo pela TV FAAP, pela Rádio FAAP pelo site do EL PAÍS Brasil.

Onde: FAAP – Rua Alagoas 903, Higienópolis, São Paulo.

Convidados:

- Bárbara Cunha

Cineasta, está dirigindo “Borboletas e Sereias”, projeto contemplado num edital da ANCINE (Agência Nacional do Cinema) no ano passado, que se desdobrará em um documentário e uma série de 13 episódios a partir da experiência de crianças de 6 a 12 anos, cujos relatos trazem assuntos complexos sobre identidade de gênero, feminismo, estereótipos e diversidade. O longa e a série estão previstos para serem lançados em junho de 2018.

- Gabriel Lodi

Empresário, militante, estudante de Design, ganhou visibilidade com a entrevista feita por Dan Stulbach, para criação do seu personagem na novela global “A Força do Querer”, e se transformou numa referência na compreensão das questões ligadas à representatividade trans.

- Maíra Reis

É publisher do Reversa Magazine, uma revista eletrônica focada em cultura LGBTQIA+ que organizou esse ano o Hoje Acordei Reversa, um encontro/movimento multicultural que reúne artistas LGBTQIA+. Maíra ainda faz parte do time que está ajudando o Google News Lab, um laboratório de jornalismo do Google, a impulsionar o jornalismo LGBT brasileiro. Também auxilia, na área de marketing de conteúdo, o projeto </> JUNTOS NA TI, uma iniciativa de empresas e centros de tecnologia que se reuniram para incentivar talentos de grupos menos representados no universo da TI.

- Renata Peron

Assistente social, cantora, militante, é presidente e fundadora do CAIS (Centro de Apoio e Inclusão Social de Travestis e Transexuais) e uma das precursoras na militância das causas LGBTQIA+ no país.

 

Post retirado do portal El País Brasil

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

RAINER CADETE E ROCCO PITANGA VIVEM ROMANCE GAY NO CINEMA

 

Após a morte da mulher, Rodrigo se apaixona por Felipe, seu colega de trabalho. Essa é parte da trama do curta “Dois barcos”, que vai mostrar uma romance gay entre os atores Rainer Cadete e Rocco Pitanga. O personagem do primeiro ainda se vê no conflito de criar uma filha, ainda pré-adolescente, sozinho.

Será a segunda vez que o público verá Rainer na pele de um personagem homossexual. Ele viveu o divertido Visky na novela “Verdades secretas”.

“O filme também aborda outros temas profundos e universais: morte, maturidade, paternidade, sexualidade… Mas estes temas apenas aprofundam a ideia por trás da busca de nossos dois protagonistas: famílias são forjadas em laços de amor e carinho. E estes laços não têm configuração certa”, diz o diretor Rafael Peixoto, estreando na direção.

Conteúdo reproduzido do portal: extra.globo.com

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Louca Terapia

Espetáculo de grande sucesso escrito pela Cia dos Reis, com situações inusitadas e atuais, Louca Terapia que esteve entre as seis melhores comédias de 2016, volta aos palcos, desta vez no Memorial da America Latina a preços populares.
A história traz um texto leve, em que em algum momento o espectador se identifica, por abordar assuntos como “o cotidiano de casais”. A farsa absurdamente engraçada leva a uma reflexão dos erros e abusos que podem ser evitados e traz de forma bem humorada os acertos. Com uma trilha incrível que desenvolve atmosfera e permite interagir.
SERVIÇO
Curta temporada a preços populares
Quando?
A partir do dia 2 de Setembro no Memorial da América Latina.
Sinopse:
Pedro e Luíza formam o famoso casal de “opostos que se atraem”. Em busca de soluções para o relacionamento começam a fazer terapia. Sem saber que se tratam respectivamente com Jhon e Miguel, esses supostos terapeutas vão descobrir a fórmula mais louca para tratar esses e outros problemas fazendo com que o casal passe pelas situações mais inusitadas.
Elenco: Filipe Bertini, Ivo Ueter, Khamilla Jelezoglo e Thiago Mantovani
Direção: Ivo Ueter
Gênero: Comédia adulta
Serviço:
Duração: 90 minutos
Sábados às 20h00min ( 2 de Setembro à 14 de Outubro)
Valores: R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia-entrada)
Local: Memorial da América Latina – Espaço Gabriel Garcia Márquez (Gabo)
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 (Metro Barra funda)
IMPERDÍVEL!!!!!
Publicado em Eventos, Na Mídia, Sem categoria, Sugestões e Dicas | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário

JEUNESSE GLOBAL: Uma empresa que vale a pena conhecer!

A Jeunesse foi inaugurada em 2009. Ansiosos para compartilhar seus produtos revolucionários com o mundo, os fundadores se propuseram a criar um dos planos de marketing mais recompensadores no setor de vendas diretas. 

A Jeunesse desenvolve o Sistema de Aprimoramento da Juventude e mantém produtos com foco na beleza e na juventude. Seu principal objetivo: EMPODERARAS PESSOAS ATRAVÉS DA SENSAÇÃO DE JUVENTUDE PROPORCIONADA POR SEUS PRODUTOS.

NAÄRA – BEAUTY DRINK:Colágeno Hidrolisado

Este produto é capaz de deixar sua pele mais bonita, hidratada e macia, seu cabelo mais saudável, com crescimento acelerado, suas unhas mais fortes e saudáveis, cuidar das articulações e ossos, entre diversos de outros benefícios. O produto – recordista de vendas no Brasil -ganhou espaço entre dermatologistas e geriatras. A reposição de COLÁGENO é indicada por médicos de diversos segmentos. Esse é um produto que você PRECISA conhecer!

LUMINESCE

Sua base é feita de um soro desenvolvido através das células tronco HUMANAS, chamado APT-200. Dessa forma, por ser humana, os fatores aceleram a regeneração das células onde é aplicado, causando um resultado impressionante, como pode ser visto nas fotos.
A Linha Luminesce o ajudará a tratar acne, linhas finas de expressão, manchas, cicatrizes, rugas, celulite, estrias, flacidez e demais sinais na pele.

LANÇAMENTO – Em outubro no BRASIL!

A Jeunesse fará o lançamento da revolucionária linha de maquiagem NV – Be The Envy, com base no APT-200. PRIMER, BASE LÍQUIDA (FOUDATION) e BRONZER. A maquiagem em spray que trata a pele, sem óleo e parabenos. INCRÍVEL!!!!

Demais produtos você encontrará acessando o site tatianataka.jeunesseglobal.com

A Jeunesse me oferece, ao mesmo tempo, uma fonte de renda independente, meritocrática e promissora e mais tempo junto à minha família.

Se você, assim como eu, deseja mais liberdade, reconhecimento, tempo, ou simplesmente algo SEU pelo qual vale a pena lutar, teremos o maior prazer em recebê-lo(a) em nossa equipe! Entre em contato comigo para obter maiores informações.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

ATUAÍ STUDIO HOME

O Atuaí Studio Home é o primeiro empreendimento da região com destaque para soluções sustentáveis. Além disso, o condomínio é uma opção moderna de moradia, com facilidade de locomoção e cuidados relacionados ao meio ambiente.

A localização privilegiada, apenas a 500 metros da estação Vila Matilde do Metrô, garante acesso rápido à avenida Paulista e ao aeroporto Internacional de Guarulhos com a futura interligação da estação Penha 2. E mais, você ainda poderá ampliar suas conexões de carro, com acesso a menos de 2 km para a Radial Leste e Marginal do Tietê ou dar uma esticadinha até a avenida Amador Bueno da Veiga para fazer compras nos mais diversos hipermercados, ir aos principais bancos, drogarias e ao centro comercial da Penha.

Venha conhecer o empreendimento com melhor custo-benefício de toda região. Um excelente negócio para morar ou para investir, com uma pequena entrada e parcelas fixas direto com o incorporador até a entrega das chaves. E você ainda pode usar o seu FGTS!

O condomínio está localizado à Rua Atuaí, 541, na Vila Matilde, zona leste de São Paulo. Um empreendimento único, moderno e insuperável!

O Atuaí Studio Home é composto por 7 pavimentos e 52 apartamentos, todos serão entregues na versão Studio, com área privativa construída entre 40,76 m² e 83,93 m². Cada unidade autônoma terá uma vaga de garagem privativa, localizada no subsolo, fixa e escriturada, evitando o rodízio e o indesejado sorteio.

Todos os apartamentos possuem varanda com ponto grill, um lugar perfeito para você receber os amigos, familiares e desfrutar de momentos agradáveis e descontraídos com todos eles. Os apartamentos do 1º pavimento possuem uma deslumbrante varanda garden com spa privativo em deck de madeira, um luxo!

Para os apaixonados por altura, coberturas penthouse no 7º pavimento também com spa privativo em deck de madeira e uma espetacular vista panorâmica da cidade. Você não vai resistir a todas essas maravilhas!

Dá só uma olhadinha nesse paraíso!

Venha saber mais sobre esse incrível empreendimento: http://atuaistudiohome.com.br/v1/

Publicado em Sem categoria, Sugestões e Dicas | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

“Nany People “CONVIDA” – Segundas Hilárias

Paris 6 Burlesque Music Hall & Night Bistro* traz segundas hilárias todo mês de julho, com a comediante Nany People e seus convidados!
 
O espetáculo de *”Nany People “CONVIDA”* é diferente, inovador e provocador, pois apresenta histórias e situações vivenciadas pela artista durante a sua trajetória profissional e pessoal.
 
Em tempos do “Politicamente Correto” engessando a sociedade como um todo, o espetáculo trata assuntos dos mais variados temas sempre abordados com bom humor e inteligência.
 
Nany, solta o verbo e convida a plateia a meditar e se divertir com suas observações provocadoras; A identificação do público é imediata.
 
Um espetáculo intimista e divertido, onde a trajetória de vida da artista é decantada com Emoção, Convicção e Paixão! Sempre com um Convidado diferente a cada Semana !
 
DIA *10 JULHO* Nany People Convida : *RUDY LANDUCCI*
Classificação: 14 anos
Serviço
Datas:
10 – RUDY LANDUCCI
17 – MATEHUS CEARA & RODRIGO CAPELLA
24 – GUSTAVO MENDES (DILMAS),
31 / 07 – MARCELO MARRON
 
Horário – 21h
Local: Paris 6 Burlesque Music Hall & Night Bistro – Rua Augusta, 2809 – Jardins, São Paulo
 
Ingressos antecipados: no site do Ingresso Rápido, na bilheteria do teatro Procópio Ferreira (terça a domingo, das 14h às 19h) ou no local do show, das 19h às 22h
https://www.ingressorapido.com.br/compra/?id=58877#!/tickets
 
Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência: Teatro Procópio Ferreira
Endereço: Rua Augusta, 2823 – Jardins, São Paulo
Sem taxa de Conveniência
Publicado em Arte, Eventos | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

Projeto de lei Dandara dos Santos quer tornar o LGBTcídio crime hediondo no Brasil

Após a comoção nacional da morte da travesti Dandara dos Santos, em Fortaleza, em fevereiro deste ano, que teve seu assassinato filmado pelos assassinos, o Projeto de Lei nº 7292, quer combater esses tipos de crime de ódio. Apresentado pela deputada federal Luizianne Lins (PT-CE), o PL propõe alteração do Código Penal para prever o LGBTcídio como circunstância qualificadora do crime de homicídio e coloca ainda o LGBTcídio no rol dos crimes hediondos, alterando, o artigo 1º da Lei nº 8.072/1990.

O PL foi batizado em homenagem à travesti Dandara dos Santos e protocolado no dia 04 de abril e desde o dia 08 de maio aguarda na Comissão de Direitos Humanos o início das discussões. Pelo projeto, é considerado LGBTcídio quando o crime envolve menosprezo ou discriminação por razões de sexualidade e identidade de gênero.

“Sofremos com a ausência de leis que garantam proteção a esse segmento da população e esse é um dos fatores que geram a vulnerabilidade. Esses crimes são tipificados por discriminação e menosprezo à condição de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, ou seja, cometidos exclusivamente pelo ódio e merecem a devida atenção e punição”, justifica a deputada autora do projeto.

A cada 26h um crime de LGBTfobia é registrado no país. O Brasil é o país que mais mata LGBTs no mundo e a expectativa de vida de uma transgênero no país gira em torno dos 35 anos de idade.

Via: Lado A

Publicado em GLBTS News, Notícias do mundo gay, Política | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Existe “opção sexual”? A resposta da ciência é “NÃO”.

Pode parecer que “está todo mundo homossexual”, e “daqui a pouco vai ser proibido ser heterossexual”, mas na realidade, não é porque só se fala hoje da lei da gravidade, que ela não existia no passado. Da mesma forma, a homossexualidade sempre existiu e sempre se manteve numa taxa incrivelmente estável:  8% da população mundial, para ser mais exato.  A diferença é que a aparente tolerância da sociedade atual faz com que aqueles que no passado só podiam “sair do armário” num discreto bar em algum recanto boêmio, ou numa balada temática, agora podem ser quem são em tempo integral. Mas, eles sempre estiveram por aí. O mundo mudou, mas nem tanto.

Nem tanto mesmo. Apesar de todo o apelo midiático e tantas descobertas científicas, alguns velhos tabus permanecem. Expressões como “opção sexual”, por exemplo, ainda são ditas e repetidas até por pessoas tidas como instruídas. Talvez até você mesmo tenha dito isso, sem nenhuma má intenção. A problemática por trás dessas duas palavrinhas inocentes é que, intrinsecamente, há a sugestão de que alguém opta, escolhe livremente a sua sexualidade.  Somente o fato de parecer insano alguém escolher algo que ainda desperta tanto preconceito e atitudes extremistas e extremadas do senso comum já seria suficiente para nos fazer duvidar dessa improvável hipótese. Mas, agora, a ciência também está dando uma mãozinha aos mais céticos.

Não estamos falando propriamente de um “gene homossexual”, embora já tenham revirado o DNA humano tentando acha-lo. Mas, é quase lá. Na verdade, muito se fala sobre código genético, como se apenas ele fizesse tudo. Mas não é bem por aí. Levando em consideração que o DNA está presente praticamente em todas as nossas células, como nossos órgãos poderiam atuar de formas diferentes se o DNA falasse sempre da mesma forma? Aí é que entra em campo a epigenética (epi = fora). Marcadores químicos que atuam no nosso DNA sem mudar a sua estrutura original têm a função de silenciar genes, permitindo que outros falem. É isso que faz com que com nossas células se expressem de formas diferentes, cada uma contando uma parte de uma história que esses marcadores escolhem.

112

É o que acontece, por exemplo, no caso da orientação sexual. Em norma, pais transmitem suas epimarcas aos filhos, e as mães às filhas. A intenção é torna-los mais sensíveis à testosterona (no caso dos meninos), ou menos sensíveis a esse hormônio (nas meninas). Segundo um estudo desenvolvido por William Rice, na Universidade da Califórnia, a homossexualidade pode ocorrer precisamente quando o inverso ocorre: pais transmitem seus marcadores genéticos às filhas, e mães aos filhos. Esta hipótese foi testada em 47 pares de gêmeos idênticos, sendo 10 deles ambos homossexuais, e nos demais, apenas um deles. Na maioria dos pares concordantes (ambos gays), essas epimarcas foram localizadas nos mesmos lugares em ambos, em 5 regiões do genoma ligadas à orientação sexual. Já nos demais, essa semelhança não se via, e a explicação para isso pode ser a mesma que justifica muitas divergências entre gêmeos: pequenas diferenças no ambiente quando ainda dentro do útero.

Pesquisas continuam sendo feitas, mas uma coisa já é fato. Ou melhor, duas. Primeiro: a natureza genética da orientação sexual. Segundo: a natureza hereditária disso. Obviamente, os cientistas não ignoram as questões sócio-culturais que também podem estar envolvidas em outros casos, por isso, não impõem essa questão como verdade absoluta. De fato, a própria ciência nunca faz isso. Bem como não atribui juízos de valor aos eventos da natureza, já que não é função da ciência julgar os fenômenos, mas sim explica-los. Resta agora saber o porquê de a seleção natural, que supostamente mantém as variações úteis à existência da vida, tem mantido por tanto tempo esta que, paradoxalmente, não seria tão útil (eu disse SERIA), já que pouco contribui para a procriação. Quem sabe? Talvez nunca descubramos a resposta. A despeito de nossa pretensa sabedoria, parafraseando o escritor Khaled Houssini, “a vida tem seus próprios planos”.

Fontes: veja.abril/drauziovarella     

Publicado em GLBTS News, Sem categoria, Sexualidade | Com a tag , , , , | Deixar um comentário